Entrevista com Isabela Russo

Isabela Russo

– Atleta brasileira Isabela Russo, que mora e treina Crossfit na Brick Crossfit na Califórnia.

Há quanto tempo você treina Crossfit?Isabela Russo
IR: Treino Crossfit desde Março de 2013.

A “Legendary Competitor” foi a sua primeira competição?
IR: Esta foi minha terceira competição individual e quinta competição no total. As outras foram em time, o que é super divertido!

O que você achou desta competição?
IR: Essa competição foi muito importante para mim, queria muito ver o quanto melhorei individualmente e no que preciso melhorar antes do Open.

Como foi seu desempenho? Atingiu seu(s) objetivo(s)?
IR: Meu desempenho foi melhor do que eu imaginava. Consegui me surpreender em dois dos três wods do dia e isso me deixou bem feliz. Eu sempre exijo muito de mim mesma, mas é muito importante reconhecer cada progresso.

Você tem planos de competir em outras competições? Quais?
IR: Sim, vou competir no próximo “Legendary Competitor” no final de Abril, depois do Open! Competir é importante para saber os pontos fracos e ganhar experiência. Tento passar isso para todos os atletas que dou treino.

Você participou do Open no ano passado? E este ano?
IR: Não participei, comecei a fazer Crossfit bem quando estava acontecendo o Open do ano passado. Com certeza vou participar este ano, já me inscrevi e estou super animada para testar os meus limites.

O que acha das competições de Crossfit que estão começando no Brasil?
IR: Eu acho muito bacana o Brasil estar criando interesse por este esporte. Eu que moro na Califórnia, aonde o Crossfit nasceu, é fascinante treinar e aprender com aquelas pessoas que criaram esse esporte. Faço questão de aproveitar cada oportunidade e crescer junto! Tenho vontade de competir e planos de conseguir patrocínios para fazer seminários no Brasil sobre a minha experiência e conhecimento no Crossfit.

Que dica você pode deixar para quem treinam Crossfit e deseja participar de competições?
IR: Para aqueles que desejam competir eu recomendo pedir ajuda para os coaches e focar naqueles movimentos que você menos gosta e que sente mais dificuldade. O progresso vem com o tempo, só que precisa de muita dedicação e consistência nos treinos. Outra coisa muito importante é não desistir e saber que o seu corpo pode ir muito mais além do que você imagina. Não deixe a sua mente te impedir de fazer aquilo que você sabe que é capaz. Fora isso, se divirta porque vale a pena cada sacrifício!

Deixe uma resposta