Entrevista com Orlando Trejo

Orlando Trejo foi campeão das Regionais e participou do Reebok Crossfit Games em 2012 e 2013

1- Você irá competir no Open 2014? Como esta se sentindo? Orlando Trejo
Orlando Trejo: Sim. Estou muito ansioso para participar.

2- Como se sente sendo o numero 1 da América Latina?
OT: É muito importante e é uma motivação para continuar treinando

3- Você faz os WODs do Open mais de uma vez?
OT: Sim eu repito mais de uma vez para ver o quão longe eu posso ir.

4- Você monitora o desempenho de outros atletas durante o Open?
OT: Sim o Open é muito importante para saber quem esta treinando duro.

5- Você acha que alguns atletas não enviam a pontuação do WOD até domingo?
OT: Acredito que muitos atletas seguram para enviar a pontuação para dar mais emoção à competição.

6- Quais são maiores diferenças do Crossfit no EUA e do Crossfit no Peru?
OT: O Crossfit nos EUA é muito mais popular do que no Peru, abrir um box de Crossfit no Peru é muito mais complicado do que em outros lugares e adquirir o material é mais caro.

7- Sua vida mudou depois da sua participação no Games? As pessoas te reconhecem na rua?
OT: Eu sempre fui uma pessoa comum. Eu não acredito que tenha feito nada que nenhum outro latino não possa fazer.

8- Qual é o seu tipo preferido de treino?
OT: Crossfit é tudo o que eu faço todos os dias, mas o que eu gosto mesmo de fazer é levantamento olímpico.

9- Qual é o seu benchmark preferido?
OT: Gosto de Fran e Angie.

10- Como você conheceu o Crossfit?
OT: Conheci o Crossfit em outubro de 2010 graças a um amigo que ensinava LPO para Crossfiters.

11- Quais são as principais mudanças que você vê no Crossfit nos últimos anos?
OT: A cada ano as provas se tornam mais difíceis e os atletas mais fortes.

12- Qual é a sua frequência de treino?
OT: Treino de segunda a sábado. Domingo nem penso em Crossfit.

13- Fale sobre seu coach. Quão importante é ter um treinador?
OT: Eu não tenho um coach, mas eu tenho amigos que treinam comigo e me ajudam.

14- Quais são seus pontos fracos?
OT: Eu tenho muitos, e eu acho que todo mundo sabe disso.

15- Quem é seu maior concorrente para 2014?
OT: Acho que todo mundo. Todos estão melhorando gradualmente.

16- O que você acha dos atletas brasileiros?
OT: O Brasil tem um número muito grande de praticantes de Crossfit e não seria uma surpresa para mim que este ano venham muito mais preparados.

17- Você já veio ao Brasil? Pretende visitar?
OT: Eu nunca tive a oportunidade de viajar para o Brasil.

Deixe uma resposta