Review do novo tênis da Nike para crossfit o “Metcon”

No dia 30 de setembro de 2014, a Nike convidou os principais coaches, atletas e mídia da esfera do crossfit no Brasil

para o evento de lançamento do novo tênis para crossfit, chamado de Nike Metcon. Para apresentar o produto eIMG_2731

tirar as duvidas sobre seu desenvolvimento, a Nike convidou o super atleta americano Josh Bidges, garoto propaganda na Nike.

Bridges, 31 anos, treina crossfit à dez anos e antes disso foi fuzileiro naval da marinha americana. Um atleta que demonstra

muita força, experiência, preparo físico e muito acessível e humilde. Em 2014 ficou em 4º lugar no CrossFit Games.

Ele vem trabalhando com os PHDs do laboratório de desenvolvimento da Nike há mais de dois anos para desenvolver o melhor

calçado para crossfit, ou funcional fitness, que existirá no mercado. Hoje a Reebok domina este mercado com o tênis Nano, e

em segundo lugar vem o Inov-8, marca também americana que ainda

não chegou em terras tupiniquins.

Como convidado deste evento, ganhei um Nike Metcon para treinar e experimentar até o lançamento mundial que será em março de 2015.

Esta ideia de lançamento mundial é muito interessante, pois geralmente o que acontece com os produtos para crossfit é o seu lançamento

na América do Norte e muito tempo depois chegam ao Brasil, e para consegui-los dependemos de amigos que tragam por encomenda

quando viajam ao exterior ou comprar pela internet e torcer para que o correio e receita federal trabalhem de maneira ágil para cobrar

o imposto e entregar o produto o mais rápido possível, porém conheço vários amigos que escolheram esta opção e tiveram que esperar

mais de três meses para receber a guia de recolhimento de imposto e retirar o produto no correio.

Enfim, a Nike nos poupará deste obstáculo com o lançamento mundial.

Na palestra Josh Bridges enfatizou muito a característica de estabilidade deste tênis, inclusive dizendo que ele não treina

mais LPO (levantamento de peso olímpico) usando as sapatilhas, pois depois que ele conseguiu atingir um certo grau de mobilidade

no calcanhar o tênis Metcon oferece estabilidade o suficiente para ser usado em treinos de LPO. A grande diferença entre usar uma

sapatilha de LPO e o Metcon é o salto que a sapatilha tem no calcanhar, e por isto ele considerou a mobilidade no calcanhar um detalhe

importante para esta transição, já que o Metcon é um tênis minimalista, com solado sem amortecedor no calcanhar como os tênis de corrida.

Mas usa-lo para o LPO é uma opção de cada um.

Abaixo as principais características do Metcon:

–       Conforto: o tênis é muito confortável, o material usado é bem leve e o cadarço faz um ótimo trabalho em acomodar o tênis no entorno do pé.

–       Estabilidade: ótima estabilidade, parece bem difícil torcer o pé usando este tênis. (O que não sinto usando o nano 3.0)

–       Solado para subir na corda: tanto a sola como a lateral do tênis que tem contato com a corda para travar na hora que laçamos com os pés éIMG_2764

bem resistente e a textura usada parece ajudar na aderência com a corda de sisal. (não testei em cordas sintéticas)

–       Acessórios: ele tem aquele laço que alguns tênis tem no calcanhar para ajudar a você passar o dedo dentro dele e puxar o tênis para vestir

mais rápido e não dobrar a parte traseira do tênis para dentro, e pode ser pendurado para secar por estes laços.

–       Preço: Será vendido no Brasil em março por R$ 399,00 – mais barato que seu concorrente vendido apenas em uma loja virtual no Brasil.

Conclusão, eu uso o Reebok Nano 2.0 há mais de um e meio ano e o 3.0 há mais de 6 meses e na minha opnião o Nike Metcon supera o

Nano nos pontos de conforto e estabilidade.

Abaixo algumas fotos dos Metcon e possíveis cores que estarão a venda e o meu assinado por Josh Bridges.

Mex Abrusio

IMG_2743IMG_2735IMG_2734IMG_2733IMG_2732

Um comentário Adicione o seu

Deixe uma resposta